Google+

«

jul 27 2016

5 Motivos para você Maratonar a Série Stranger Things

Stranger Things é uma websérie americana dos gêneros suspense, ficção científica e terror criada pelos irmãos Matt e Ross Duffer,  disponibilizada pela Netflix em 15 de julho de 2016 e está fazendo mais sucesso que Game of Thrones.

A série se passa no ano de 1983 e é altamente tematizada pelos elementos culturais da década, com uma trilha sonora toda remetente aos marcantes sintetizadores da época. Na trama, um garoto desaparece misteriosamente na pequena cidade de Hawkins, Indiana, e faz seus amigos partirem por sua busca, que no caminho encontram uma estranha menina com poderes telecinéticos.

A primeira temporada possui oito episódios com cerca de uma hora cada, sob roteiro e direção dos gêmeos Matt e Ross Duffer e produção de Shawn Levy. Ela recebeu críticas muito positivas pela sua caracterização, ritmo, atmosfera, atuação, trilha sonora, direção, roteiro e as homenagens a filmes do gênero dos anos 1980. Stranger Things originalmente chamaria-se Montauk e decorreria na cidade de mesmo nome do estado de Nova Iorque, no entanto, acabou por ser inteiramente filmada em Jackson, Geórgia.

Com isso bem claro, vamos aos 5 motivos para você assistir Stranger Things:

1 – Mistério, suspense, ficção científica e terror

Stranger Things

Stranger Things – “Estou Aqui”

Uma das coisas que mais me chamou a atenção na série foi o clima de mistério e o suspense que envolve a trama. Os autores souberam dosar bem os gêneros  e temos alguns momentos bem assustadores na série.

Misturando ficção científica e elementos que fazem parte dos pesadelos mais aterrorizantes, a série conta com esse clima do primeiro ao último episódio dessa primeira temporada.

2 – Triângulo Amoroso

 Jonathan Byers, Nancy Wheeler e Steve Harrington

Jonathan Byers, Nancy Wheeler e Steve Harrington

Triângulos amorosos sempre são complexos e dão aquele gostinho a mais à trama e para uma série cheia de clichês e bem nostálgica, ter um triângulo amoroso entre os adolescentes da série é obrigação.  A menina tímida que despertou o interesse do menino mais cobiçado do colégio e por quem o esquisitão é apaixonado. No lugar da Nancy eu ficaria com o Jonathan… gosto dos “esquisitos”, apesar que o Steve é um fofo.

3 – Crianças Talentosas e Apaixonantes

stranger-things-02

O núcleo infantil de Stranger Things está de parabéns. As crianças escaladas para o elenco são bem talentosas e encantadoras. Além do grande destaque que é a Millie Bobby Brown como Eleven, os meninos são uns fofos. Nossos pequenos “Goonies” da atualidade despertaram vários sentimentos em mim conforme fui assistindo aos capítulos.

Tá, tudo bem… nem todos são assim tão talentosos, mas vai me dizer que você não deu risada com o sorriso contagiante do Dustin (sem dentes)? Ou não entrou em desespero junto com o Will? Ou ainda, não se emocionou com o Mike e a Eleven? E o Lucas, minha gente! Esse menino é fodástico!

4 – Referências! Muitas referências!

Se você nasceu na década de 80 com toda certeza é mais um do time que amou essa série. Tem como não amar quando você está diante de MUITAS referências que te remetem a um passado longínquo? Tá parei… mas isso me incluí, já que nasci exatamente no ano de 1980.

A série já é uma referência à década de 80, já que ela se passa no ano de 1983, então o vestuário, os costumes, a trilha sonora já tem muitas referências. Mas, o que os mais novos não sabem, ou até mesmo os mais velhos, é que existem diversas cenas que são referências explícitas de filmes da época. Um jornalista e diretor francês chamado Ulysse Thevenon fez o favor de compilar todas essas referências (ou pelo menos quase todas elas) em um vídeo de quase 5 minutos. Dá uma olhada e deixe sua mente viajar nos filmes da época…

5 – Trilha Sonora

Um dos pontos altos da série é a trilha sonora. Já na abertura sentimos todo o clima de suspense que encontramos nos 8 capítulos da obra. Parece que o trabalho do compositor de cinema americano John Carpenter teve grande influência na escolha do tema de abertura do programa. Kyle Dixon e Michael Stein, responsáveis pela música, usaram todo aquele clima e os inconfundíveis sintetizadores de Carpenter, como nas obras “Halloween” (escute aqui) e “Assalto ao 13º DP” (escute aqui).

6 – Extra

personagens-stranger-thing-blog-ozten-David-Harbour-Chief-Hopper

E para finalizar os motivos para você assistir à série, temos o Delegado Jim Hopper (David Harbour). Como toda boa e pacata cidadezinha americana, precisa existir um delegado… E Jim Hopper é aquele delegado lindo, charmoso, sofrido, destemido, inteligente e herói da história! Sabe aquele homem que você olha e dá vontade de levar pra casa pra cuidar? Pronto… é ele! Só o fato dele existir em Stranger Things isso já é motivo suficiente para você assistir à série!

Conclusão

Como opinião geral sobre a série posso dizer que gostei. Ela foi muito nostálgica, conseguiu me prender no mistério e apesar do enredo ser bem simples, achei interessante à forma como cada capítulo foi trabalhado. Vou com toda certeza querer assistir a segunda temporada, pois, apesar da trama ter sido bem fechada, algumas coisas ficaram sem uma total explicação.

Acredito que Stranger Things tem sido superestimada, mas de uma forma geral ela é ótima para se assistir debaixo de um edredom, comendo pipoca e se possível em ótima companhia. A segunda temporada foi confirmada e devemos esperar um ano para ela ser lançada… A espera até julho de 2017 vai ser grande! E você, o que achou da série? Vai maratonar?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comente

Comentários

Sobre o autor

Thaisa Lima

Amante incondicional dos animais, nerd, geek, viciada em World of Warcraft, blogueira e apaixonada por livros.

%d blogueiros gostam disto: